Saiba em que a psicologia da educação pode colaborar para melhorar o ensino

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Uma das melhores formas de melhorar a educação na escola é investir em profissionais que entendam profundamente os processos de aprendizagem – e possam sugerir melhoras significativas na área.

Por isso é tão importante ter um diploma de psicologia da educação: além de encontrar um mercado que tem portas abertas para bons profissionais, olhas para o ambiente escolar com carinho é uma boa forma de deixar uma marca no mundo. Seus benefícios melhoram a vida de muita gente e vão além da nossa compreensão.

Psicologia da educação

A psicologia, que estuda os processos mentais e o comportamento humano, é uma ciência crucial para o ensino. Daí vem a junção entre as duas áreas, formando a psicologia da educação e trazendo para as escolas profissionais capazes de ler diferentes cenários de aprendizado.

Mais do que habilidades técnicas, um psicólogo da educação precisa ter vocação para trabalhar na área. Afinal, um dos principais motivos pelo qual a área existe é sua capacidade de compreender comportamentos dentro do ambiente escolar e entender de que forma eles afetam o aprendizado.

Nem todo mundo, no entanto, consegue lidar com essas questões com facilidade. É preciso ter jogo de cintura, perspicácia, paciência e sensibilidade para entender, de fato, como a psicologia da educação pode ser aplicada para gerar melhorias nos ambientes de ensino.

O que aprender no curso de psicologia da educação

Essa é uma área abrangente da psicologia e vai tratar bastante de recursos que podem ser utilizados para melhor compreensão dos processos de ensino na vida das pessoas. Isso significa estudá-las em diferente fases da vida, desde a infância à velhice, incluindo todos os momentos em que aprender pode ficar mais fácil ou mais difícil.

Um psicólogo da educação consegue perceber com facilidade habilidades mentais e papéis sociais de cada aluno em sala de aula, além da formação das linhas de raciocínio. Crenças e valores pessoais também são levados em consideração na hora de entender como o aprendizado se desenvolve em cada mente.

Diferenças entre psicologia educacional e psicologia escolar

A psicologia da educação pode se dividir em diferentes frentes, sendo duas delas a psicologia educacional e a psicologia escolar.

A psicologia educacional é uma área que visa compreender todos os fenômenos psicológicos envolvidos no processo educativo, enquanto a psicologia escolar é o campo de atuação profissional, e não a ciência propriamente dita.

Para alguns teóricos, os psicólogos educacionais são responsáveis por dedicar esforços à investigação e produção do conhecimento, enquanto os escolares vivem a rotina diária de uma instituição de ensino, ao lado da psicopedagogia. Assim, a psicologia educacional seria melhor colocada como área do conhecimento – enquanto psicologia escolar é o campo profissional. Que, por sinal, gera muitas oportunidades.

Quem faz psicologia da educação também consegue atuar nas seguintes frentes:

  • Políticas públicas educacionais;
  • Inclusão de pessoas com necessidades especiais nas escolas tradicionais;
  • Avaliação psicológica;
  • Gestão;
  • Formação continuada de professores.

Gostou da profissão e de suas possibilidades? Então não espere mais nada para se matricular agora no curso de psicologia da educação.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Copyright © 2017.