Pedagogia busca novas formas de alcançar o aluno. Entenda como

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Uma verdade universal é dita sobre a educação: todos têm direito de usufruir de instituições de qualidade capazes de formar o ser humano como cidadão, através de embasamento científico e convivência social. Isso, claro, se aplica a todas as pessoas, mas nem todas as instituições conseguem absorver as necessidades especiais de muitos alunos.

Para alcançar o aluno e buscar novas formas de desenvolver o processo de ensino e aprendizagem a pedagogia assumiu uma postura psicológicas formando um novo campo do saber a:  Psicopedagogia, um campo de conhecimento que atua nas áreas de saúde e educação dentro de  padrões normais e patológicos até as mais diferenciadas influências do meio, como família, escola e sociedade, no desenvolvimento de cada um.

Psicopedagogia aplicada a aprendizagem

Não é, necessariamente, nem Psicologia e nem Pedagogia: tem sua própria identidade e vem criando um campo de atuação bem específico e próprio, estruturado por produções científicas. A área é endossada pela ABPp, Associação Brasileira de Psicopedagogia.

Como é uma área nova, a Psicopedagogia aplicada a aprendizagem revê conceitos básicos de diversas outras ciências, como a fonoaudiológica, neuropscicológica, psicolinguística, além da pedagógica e psicológica, para a profunda compreensão do que é, de fato, a aprendizagem humana.

Estamos falando de profissionais que, quando formados, vão atender crianças, jovens e adultos com dificuldades de aprendizagem causados por distúrbios e patologias que podem ocorrer em qualquer momento da vida. Isso significa que o psicopedagogo deve estar preparado para lidar com os mais diversos perfis de alunos e ter a capacidade de ajudar a todos com suas necessidades de aprendizado.

Campos de atuação para Psicopedagogia

Dentro de sala de aula, o futuro psicopedagogo aprende todo o escopo de atuação de sua área, incluindo detalhes de ética profissional, e pode encontrar pela frente um ambiente de muitas oportunidades.

Isso porque o campo da Psicopedagogia aplicada a aprendizagem está em constante ampliação, uma vez que o que inicialmente se caracterizava pelo atendimento no aspecto clínico (Psicopedagogia Clínica) hoje pode ser utilizado no segmento escolar (Psicopedagogia Institucional).

Além disso, o profissional do ramo pode atuar, também, em hospitais, empresas e organizações das mais diversas frentes, desde que focadas na gestão de pessoas e nos processos de ensino.

O psicopedagogo pode ter, também, seu próprio consultório e atender clinicamente a pessoas com dificuldades de aprendizado de forma individual. Nesse caso, elas procuram diretamente o profissional para relatar seus obstáculos e conseguir uma ajuda mais personalizada, independente das instituições onde estudam.

É bom lembrar que a Psicopedagogia aplicada a aprendizagem não diz respeito apenas a crianças com dificuldades de aprendizado: muitos adultos passaram por situações complicadas durante a fase escolar e não absorveram todo o conhecimento que lhes foi passado, causando possibilidades de insucesso pessoal e profissional em momentos diferentes da vida. Para eles também há chance de reversão de danos e recuperação do tempo perdido: basta encontrar um bom psicopedagogo focado em aprendizagem.

Contudo, não há como negar que, atualmente, a maior demanda pelo profissional da área é pela inserção e manutenção dos alunos com necessidades educativas especiais no ensino regular. Sem uma boa estratégia de inclusão e retenção desses alunos no ambiente de ensino, fica impossível viabilizar o sucesso desses alunos nas escolas que frequentam.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Copyright © 2017.