Para que qualquer empresa se destaque em seu mercado de atuação é preciso que ela cuide bem de seus processos gerenciais. Afinal, uma produção sem processo está fadada ao fracasso nos negócios e pode colocar a perder muitos sonhos e esforços, inclusive financeiros.

Mas o que são processos gerenciais? Do ponto de vista da formação acadêmica, é uma área de estudo que engloba todas as disciplinas pelas quais passam as questões diárias de uma empresa. Estamos falando de Administração, Comunicação, Finanças e Sistemas de Informação, dentre outros setores.

O mercado em processos gerenciais exige que o profissional qualificado para a função seja mais generalista do que especialista em uma só de todas essas funções. Assim, ele vai conseguir compreender o cenário inteiro e sugerir melhorias viáveis para o negócio que atende.

O curso de processos gerenciais

Muitas pessoas tendem a confundir a formação em processos gerenciais com áreas afins, como Gestão Comercial e Empreendedorismo. No entanto, o objetivo de cada uma dessas escolhas é diferente dos outros.

Enquanto em Gestão Comercial e Empreendedorismo há uma carga teórica expressiva durante o aprendizado, o mercado de processos gerenciais exige uma formação mais prática, deixando o profissional pronto para colocar as mãos na massa.

Atualmente, o curso de processos gerenciais é ofertado, em sua maioria, na modalidade EAD, concedendo o título de tecnólogo em processos gerenciais a quem o conclui. Quem busca esse caminho profissional está apto, ao terminar os estudos, a administrar pequenas, médias ou grandes empresas, graças ao conhecimento adquirido ao longo do curso.

O que faz um especialista em processos gerencias?

De maneira geral, o mercado de processos gerenciais pede profissionais polivalentes, que deem conta de desempenhar as funções administrativas que forem necessárias no momento da contratação. Isso significa que o tecnólogo ou especialista pode atuar em diversas frentes em uma mesma companhia, por sua bagagem de aprendizado flexível e dinâmica.

Dentre as possibilidades de trabalho para quem se forma nesse curso estão a gestão de recursos, de pessoas, de comunicação e de finanças. Graças a disciplinas como Administração, Empreendedorismo e Estratégia, os profissionais conseguem captar as necessidades e demandas de cada área e resolver os problemas que aparecerem sem, necessariamente, terem formação específica em alguma delas.

É muito comum que os tecnólogos e especialistas também sejam absorvidos por áreas como contabilidade e finanças no mercado de processos gerenciais. Afinal, analisar demonstrações financeiras e interpretar os dados de maneira correta é uma forma de garantir a saúde econômica da empresa – e esse é um passo importante para que ela sobreviva em um mundo cada vez mais competitivo.

Por fim, quem busca atuar com processos gerenciais e se formar como tecnólogo ou especialista garante todo o conhecimento técnico necessário para abrir sua própria empresa. Isso é possível graças à grade de Empreendedorismo do curso, que mostra como fundar bases sólidas para uma organização, indo além de apenas ter o sonho de empreender. Esse é, com certeza, um curso interessante para melhorar o currículo de quem gosta de lidar com números, pessoas e, claro, lucro.

2 comentários

Deixe uma resposta