Mudar totalmente de carreira é uma tarefa que exige coragem e disposição, e por mais estranho que pareça ser, é algo mais comum do que se pensa. Essa mudança deve ser realizada dentro de um planejamento cuidadoso. É preciso também, amadurecer a ideia para que nenhuma decisão seja tomada precipitadamente.

Realizar uma segunda graduação é a opção indicada para quem quer dar um novo rumo a sua carreira. Neste post vamos mostrar a você quando e por que fazer uma mudança em sua carreira pode trazer uma nova vida profissional a você.

Seu destino em suas mãos

Muitas pessoas escolhem sua profissão por volta dos 18 anos assim que se formam no ensino médio. Nessa idade, alguns jovens ainda não estão prontos para fazerem essa   escolha. Os familiares acabam por influenciar o estudante em sua decisão, projetando nos filhos, os seus próprios sonhos. Por amor, medo ou respeito o filho acaba por fazer uma graduação que não atende aos seus interesses ou aptidões. Como resultado, a pessoa acaba por ter uma vida profissional frustrada. Nesse contexto, mudar de carreira acaba se tornando uma atitude libertadora.

Uma nova área de interesse

Outro bom motivo para mudar de profissão diz respeito à monotonia e desinteresse que um profissional desenvolve ao longo de sua carreira. O profissional inicia sua carreira com ânimo e se sentem felizes, mas, ao longo do tempo, na medida em que amadurecem, perdem a paixão pelo trabalho e saem em busca de novos desafios.

Evolução tecnológica

O mercado de trabalho está em constante evolução. Com o desenvolvimento tecnológico, novas funções são criadas e outras são extintas. Em algumas áreas a mudança é tão radical que o profissional precisa redirecionar totalmente a sua carreira.

Quando isso acontece, é importante decidir se você vai acompanhar o avanço tecnológico ou se vai fazer a mudança em outra direção.

Novas perspectivas

A vida não é uma caixa fechada e previsível. Questões relacionadas à saúde, família e segurança podem fazer com que você queira dar um novo rumo a sua vida. Mudar de profissão poderá ser o primeiro passo. O ideal é estar disposto a recomeçar, ciente que suas habilidades sempre podem ser aprimoradas e redirecionadas.

Os benefícios da segunda graduação

Quando a escolha da profissão é guiada somente por questões emocionais, nos esquecemos de avaliar um fator extremamente importante neste processo: o mercado de trabalho. Infelizmente algumas pessoas só percebem que o mercado está ruim, após a formatura e encontram grandes dificuldades de contratação.

Para algumas pessoas a saída encontrada é fazer uma segunda graduação. Se o mercado que você escolheu está em baixa, há sempre a oportunidade de realizar uma adaptação profissional. A segunda graduação é uma excelente oportunidade de começar novamente, sem começar do zero.

Você pode escolher uma área totalmente diferente e ainda assim aproveitar parte do conteúdo estudado em sua primeira formação. Lembre-se de fazer uma pesquisa rigorosa quanto à viabilidade de oportunidades de emprego referentes a essa segunda graduação. Desta forma, você evita perda de tempo e dinheiro investindo em uma formação que também possa estar em baixa.

Por Nilcéia Fraissat

graduação online

48 comentários

Deixe uma resposta