Cada vez mais sabemos a importância de uma instituição de ensino, ser reconhecida pelo MEC. Sobretudo quando falamos da educação a distância. Afinal, vira e mexe é noticiado nos jornais algumas instituições de ensino dando golpe nos alunos que pagam mensalidade e no final recebem um diploma de nível superior sem validade alguma.

As pessoas ainda sentem um certo medo e até preconceito na hora de encarar o ensino a distância, mesmo com todas as facilidades que ele oferece e não sem razão. Mas é possível se certificar se a instituição é reconhecida ou credenciada pelo Ministério da Educação ou não.  

 
Como ser reconhecida pelo MEC

No nosso caso, somos especialistas em pós-graduação a distância há mais de 20 anos, reconhecidos pelo MEC com nota 4. Neste post, vamos explicar como as instituições são avaliadas e quais os critérios para a obtenção deste título. Acompanhem!  

Antes de mais nada, há uma coisa que muitas pessoas não sabem ou tem dúvidas: Existe diferença entre ser credenciado autorizado e reconhecido pelo MEC.

O primeiro passo a ser dado é o credenciamento da instituição antes dela pensar em começar a funcionar. No caso do ensino a distância essa licença é um pouco diferente do convencional para os cursos superiores presenciais.

Está previsto na Lei Nº 9394/96 que este credenciamento é específico e deve ser solicitado junto à União.

Autorização é o que toda instituição de ensino superior deve pedir ao MEC antes de abrir as vagas de um curso novo dentro da faculdade.

Por fim, vem o reconhecimento dos cursos da instituição de ensino superior. Esse reconhecimento é feito por meio de avaliações que começam a ser realizadas a partir do momento em que o  curso em questão chega na metade da carga horária prevista.

Por exemplo, se uma pós-graduação a distância tem a duração de dois anos o processo de reconhecimento começa quando os alunos alcançarem o final do primeiro ano de curso.

São avaliados inúmeros requisitos que vão desde a formação e currículo dos professores.  Até a estrutura da universidade e a grade curricular do curso em questão. Veja no próximo tópico os principais pontos da avaliação realizada pelo MEC.

Como o MEC avalia a instituição

Avaliações são necessárias para averiguar se o que foi proposto no momento da autorização está sendo cumprido. Essas avaliações são feitas por meio de visitas presenciais durante dois dias um dos campus de determinada instituição.

Durante as visitas, são considerados os seguintes critérios: 

Instalações físicas: avalia se a estrutura da faculdade é adequada para receber a quantidade determinada de alunos com o mínimo de condições. Isso porque faculdades que oferecem cursos a distância devem possuir polos presenciais.

Corpo docente: é preciso que os professores tenham condições tanto técnicas quanto psicológicas para realizarem em aulas e oferecerem um ensino de qualidade aos alunos.

Conteúdo didático e pedagógico: o Ministério da Educação avalia se o conteúdo a ser oferecido pelos cursos conta com o mínimo do que é necessário para se considerar um aprendizado de qualidade, tanto na grade curricular quanto na metodologia de ensino.

Este foi um explicativo da importância de um curso EAD ser reconhecido pelo MEC. A Faculdade Alfamérica possui nota 4 no MEC. Confira os nossos cursos de pós-graduação. Nos siga nas redes sociais: Facebook e Instagram.

Deixe uma resposta