Os cursos de pós-graduação a distância, que são ministrados em plataformas digitais, se transformaram em uma excelente opção de investimento na carreira. Quem sai ganhando são as pessoas que tem uma vida agitada, e não conseguem ingressar em um curso presencial.  

Segundo o Censo da Educação Superior 2017, estudo realizado pelo Ministério da Educação, em 2007 o número de estudantes no ensino a distância era de aproximadamente 300 mil alunos. Já em 2017 o número subiu para 1.073.497, número que corresponde a 33,3% dos estudantes das universidades.

Os números mostram que a modalidade conquista cada vez mais novos adeptos, viabilizando o acesso a qualificação para o maior número de pessoas possível. Neste contexto, produzimos este post destacando como funciona, qual é a duração e as diferenças entre modelos presenciais e a distância de pós-graduação. Boa leitura!

Como são os cursos de pós-graduação a distância?

Os cursos são ministrados em plataformas online, onde o aluno acessa as aulas e ao conteúdo pedagógico. Embora sejam realizadas em ambiente virtual, é possível interagir com professores e estudantes, potencializando a troca de conhecimento.

O conteúdo das aulas fica disponível para acesso em qualquer horário, permitindo maior flexibilidade para adequar os à rotina estudos. Mesmo assim, as instituições possuem unidades físicas, proporcionando apoio pedagógico e institucional para os estudantes.

Qual é a duração dos cursos a distância?

Existem cursos de pós-graduação na modalidade Stricto Sensu, que define regras para o mestrado e doutorado. Existem também lato Sensu, que estabelece diretrizes para programas de especialização e MBA (Master Business Administration). A duração de ambos pode variar de 18 a 48 meses.

De acordo com a resolução CNE/CES 1/2007, regulamentada pelo Ministério da Educação (MEC), a duração mínima de uma pós-graduação a distância ou presencial deve ser de 360 horas. Essas horas podem ser distribuídas no número de meses que a instituição formadora achar mais adequado.

Qual a diferença entre uma pós-graduação EAD e presencial?

Existem peculiaridades que diferem as duas formas de ensino superior. Veja algumas delas:

Horários mais flexíveis

Nos cursos presenciais você segue horários fixos e locais pré-estabelecidos. Já o formato EAD permite maior flexibilidade, onde o aluno pode assistir todo conteúdo disponível no local e momento de sua preferência.

Interatividade virtual

Nas salas de aula, os estudantes podem potencializar o networking presencial, participando de atividades com colegas e professores. Na modalidade EAD, essa interatividade é realizada por meio da tecnologia, que atua como facilitador para aqueles que buscam se qualificar.

Conclusão

O mercado de trabalho cada vez mais passa por transformações, proporcionando o surgimento de novas áreas de atuação. Isto aumenta a competitividade, exigindo que os profissionais invistam em capacitação, com o intuito de obter melhor desempenho funcional.

A formação a distância é uma alternativa viável, porém, você deve analisar se tal investimento atenderá às suas expectativas. Procure entender o que diz respeito a método de ensino, evitando frustrações desnecessárias.

Escolha a modalidade que mais se adequada com você para adquirir conhecimento e aperfeiçoar suas competências.

Agora que você entende um pouco mais do assunto, confira os cursos de pós-graduação,  com nota 4 no MEC, ofertados pela Faculdade Alfamérica.

Nos siga nas redes sociais e não perca nenhuma novidade sobre Educação a Distância e nossos cursos. Facebook e Instagram

Deixe uma resposta